Buscar
  • Sonia Cortez

Medo...

Existem coisas que de facto me surpreendem ao ponto de serem ridiculas e prepotentes.

Digo isto porque hoje falarei de religião e medo, pois estas palavras andam bem juntas.

Há muito que acho que as igrejas deveriam unificar-se sendo uma só, mas não querem. O facto é que conseguem manter os fiéis debaixo de um medo terrivel do pecado, deixando-os vulneráveis para poderem ser moldados da maneira que estas instituições pretendem, e isto para mim não é fé.

Quantas são as pessoas que vão à igreja, assistir à eucaristia, por fé? Por certo existiram algumas. Quantas vão pura e simplesmente por amor a Deus, sem medos, sem preconceitos? Quantos são aqueles, que vão orar e pedir a Deus que perdoe os seus pecados para não irem para o "inferno". Isto é fé? Para mim é medo.

Medo que incumbiram às pessoas desde cedo. Há que mudar as mentalidades. Se a pessoa vive com medo não consegue amar a Deus, pois ama-lo exige uma entrega total do seu amor, sem medos, sem restrições.

Pecado? O que realmente é o pecado? O mundo e a nossa vida é feita de escolhas, não de pecados. O pecado é algo que está na nossa cabeça porque fomos formatados a pensar assim.

Não nos podemos culpar de escolhas que fizemos no passado, foram erradas? No momento em que as fizeram pareciam certas. Mas agora com o amadurecimento reparamos que não foi bem o que queriamos?

Na vida não há escolhas boas ou más, há sim ESCOLHAS, e dessas escolhas surgirão os frutos que iremos colher. Seja o que for temos de aceitar, e de certo modo essas escolhas "menos boas" serviram para crescer de alguma forma.

Ama-te, ama o próximo, ama a Deus, e tudo ficará no seu lugar. Mesmo que faças uma escolha dificil, verás que por mais que lutes contra ela, a mesma acabará por voltar. Por isso, aceita. Aceita as tuas escolhas e as escolhas dos outros.

Até breve

0 visualização