Buscar
  • Sonia Cortez

Felicidade...


O que é a Felicidade? Essa emoção fascinante, que a raça humana busca incessantemente todos os dias, horas, minutos... O que é realmente a Felicidade? A Felicidade não se baseia só na plena capacidade do ser humano amar e ser amado, podemos encontra-la em pequenas coisas que nos passam despercebidas porque andamos focados numa só maneira de ver a felicidade. Sou feliz, quando sou amada por alguém, sim isso é óbvio, mas sou feliz também quando olho o mar, sinto o seu cheiro, quando olho e brinco com o meu cão, quando olho para o céu e vejo as estrelas, quando ouço a minha música favorita, quando canto..... ou seja a vida é feita, não de uma plena felicidade constante, mas sim de pequenas felicidades, que quer queiramos quer não, dão mais sentido à vida. Ainda hoje, com alguém muito próximo com quem falei, "debatíamos" essa maneira de ver a felicidade, e como a vitimização também está presente quando essas mesmas pessoas, não dão conta da felicidade que têm à sua volta, buscando fora o que deveriam buscar dentro. Achando-se indignas da felicidade, pelas escolhas que fez no passado, (parece que me estou a rever nestas palavras há uns tempos atrás), sim, também eu um dia achei que não era digna de felicidade, porque tinha cometido "demasiados erros" e que a vida iria penalizar-me por isso. O facto é que também eu procurava a felicidade fora e não dentro. Procurava que alguém me desse algo que eu já tinha, mas dentro de mim. Sinto-me feliz pelo que sou, pelo caminho evolutivo que tenho vindo a fazer, e essa é sem sombra de dúvidas a minha felicidade, porque é algo que ninguém me pode dar. Há ainda muito caminho por percorrer... não em busca da perfeição (pois ela não existe neste espaço material) mas em busca de olhar o dia a dia como um novo começo, uma nova aprendizagem. Em todas as escolhas que fiz ao longo da vida, existem umas que eu gostaria de apagar da memória, mas por outro lado recordá-las dá-me uma maior capacidade de compreender o porquê de tudo ter acontecido dessa forma, e ajuda-me a perceber que também essas escolhas "menos boas" me ajudaram a crescer e a ver a vida com outros olhos. Se a Felicidade é entregar-me ao outro e esperar, mendigar o retorno... isso não é definitivamente o meu caminho. Estou aqui a escrever para talvez uma ou duas pessoas verem, mas mesmo assim sinto-me feliz por fazê-lo, porque esta é a minha maneira de ver as coisas, a minha forma de expressão. Estarei correta, não, quem sou eu para estar 100% correta em alguma coisa, sou apenas uma pessoa que pensa, sente e vive o que sente. Com dúvidas a cada dia a dia, com perguntas por fazer, em busca de respostas a cada instante, mas não deixo de pensar no hoje como um grande desafio. Se o ontem não posso alterar e o amanhã não sei o que se vai passar, vivo o hoje com amor e alegria. Na vida nem tudo são rosas pois até elas, por mais belas que sejam, têm espinhos e é essa a beleza da vida, contornar os espinhos, picarmo-nos mesmo se preciso for, para aprendermos a cada dia a sermos melhores. Primeiro por nós, depois pelos outros. Um até breve

1 visualização